Home » » CONTOS: Minha primeira vez foi com o marido de minha amiga

CONTOS: Minha primeira vez foi com o marido de minha amiga



































































Olá, meu nome é Aline e estou aqui pra contar a história da minha primeira vez. Aos 22 anos eu ainda era virgem, e trabalhava em uma escola, cuja a dona era minha amiga. Ela sempre me levava a casa dela, pra almoçar, pra dormir, enfim éramos inseparáveis.

O marido dela, é um homem muito bonito, inteligente e atraente. E ainda por cima é um politico, e como sou tarada por politicos, eu sempre quera ir pra casa dela, não tinha um fim de semana que eu não estivesse lá. Todas as vezes que eu ia lá, o marido dela me comia com os olhos e como sou morena de cabelos longos, corpo sarado, olhos cor de mel, tenho seios enormes e naturais, cada vez que eu ia lá, fazia questão de ir com a roupa mais curta, mais provocante, mais decotada que eu tinha. Um certo dia eu cheguei na casa dela e o marido abriu a porta, me pediu que entrasse e disse que a esposa estaria no banho e que ia demorar, ele me pediu pra sentar e disse q era pra eu ficar a vontade, como se eu a não tivesse bem a vontade, e ele sentado ali na minha frente, de bermuda com as pernas grossas, bem definidas e com uma regata bem colada, eu estava indo a loucura com ele.

Ai ele disse, então: acho que a gente tinha que se ver mais e eu disse é mesmo? porque? ai ele disse porque eu adoro ver você, eu sorri sem graça e disse você é doido? vc é casado com minha amiga, se ela descobre, como será? e ele disse relaxa que ela não vai saber e se souber vai ser por nós, pq só tem nós dois aqui, eu disse é mesmo.

Dai ele foi chegando perto de mim, se aproximando eu fui sentindo seu perfume, sua respiração ofegante, eu tentei me afastar mas quando vi sua boca ja estava colada a minha, eu não pude resistir. Ele me beijou de uma forma intensa, como se quisesse me engolir, me comer ali mesmo, fui a loucura, perdi o ar. Fiquei toda molhada com aquele beijo, estava excitada, com um tesão de matar. Ai eu disse a ele para pelo amor de deus ou eu não respondo por mim. E olha que eu ainda era virgem.

Nesse mesmo dia, minha amiga saiu do banho, conversamos, e ela disse q tinha q sair, o marido disse q tinha q ir para a camara federal e minha amiga disse, uai amor aproveita e deixa a aline na casa dela, é caminho. Ele mais que depressa disse td bem, vc se importa aline? e eu disse que não, que eu ia soznha msm, q não precisavam se preocupar e ele disse faço questão. Fomos e no meio do caminho ele começou a passar a mão em mim, nos meus seios, ele pegava na minha buceta e eu tirando a mão dele, ate q no meio do caminho ele disse vamos ali? eu disse onde? e ele disse confia em mim? eu disse sim, ai ele me levou pro motel, eu gelei toda, pq nunk tinha entrado num motel antes, qd entramos ele me desceu do carro, começou a me beijar, tirou meu vestido, eu disse espera, vai com calma, nunca fiz isso, ele disse que ia ser o melhor dia da minha vida, q eu não ia arrepender, q ele ia me fazer mulher. Daí ele me beijou, me jogou na cama, começou a me beijar mais, meu pescoço, dai tirou meu sutiã, e jogou pro lado, beijou meus seios, eu fiquei toda arrepiada, os bicos dos meus seios estavam duros, ele pegava, apertava meus seios, depois ele desceu tirou minha calcinha com o dente, e perguntou vc ja foi chupada? eu disse nunk. ai ele disse então se prepara pq hj vc vai ser chuapada e vai gozar mto. ele pediu que eu abrisse as pernas, e ele começou a me xupar, enfiar a lingua no meu grilo, e eu fui ficando louca, toda molhada, me contorcia na cama, gritava de prazer, ate q ele dsse goza gostosa, goza na minha boca, vc é gostosa demais, sempre quis te comer, gozaaaaaaa, vai, bem gostoso. eu ja não aguentava mais e de repente gozei que meu corpo tremia, gozei tanto que espirrou na cara dele, foi uma loucura, qto mais eu gozava, mais ele me xupava. nunca tinha sentido aquilo, ai ele disse agora chupa meu pau, eu disse a ele q nunca tinha feito aquilo e ele disse com essa boca linda, e gostosa vc deve chupar muito bem, dai cai d boca naquele pau, duro, grosso, quase não cabia na minha boquinha, dai comecei a chupar, e a pegar no pau dele, e passava a lingua e chupava as bolas e ele louco começou a gritar, e dizer q nunca tinha recebido uma chuapda daquela, q eu deixava ele louco, e qto mais eu xupava, mais ele dizia, chupa meu gostoso, xupa vadia, gostosa e eu cada vez mais excitada, chupei tanto q ele gozou na minha boca, tomei aquele leite quente, e eu tava tão louca que disse a ele quero mais, me come, me come...

Dai ele me deitou, me pegou de jeito, abiru minha perna e disse vai doer uma pouco, mas vc vai gostar, de repente aquela pica grande, entrou em mim, como eu estava mto molhada, facilitou a penetração, ele me fodia como ninguem, eu gritava de prazer e dor ao mesmo tempo, mas era mto bom, e ele me fodia, me fodia e eu gemiaaa, ate que disse vou gozar e ele disse, goza cachorra, goza no meu pau. Gozeiiiiiii demais, como uma cadela mesmo, dai ele me virou me pegou por trás, depois mandou eu cavalgar em, cima dele, e ai ele disse xupa meu pau, xupei e mais que depressa um jato quente veio ate minha boca novamente, dai ficamos ali, quietos nos recuperando, passando um tempo ele disse, esta td bem? foi bom pra vc? eu disse foi maravilhoso, ele me chamou pra tomarmos um banho e fomos, la mesmo comecei a esfregar seu pau, que ficou duro de novo e eu disse quero mais, ai ele disse seu desejo é uma ordem gata, ele me pegou, me deu uma encaixada e começou a socar em mim, eu gritava louca de tesão, era incontrolável ate que gozei d novo, saimos dali e fomos pro sofa, comecei a xupar ele de novo e ele louco gritava ate que ele me virou e enfiou seu pau em mim, como um louco, eu gemia, pedia pra parar, disse q n aguentava mais, e ele dizia guenta sim, eu sei que aguenta, e ele socava, eu gritava até que gozei d novo e dessa vez foi um jato bemm forte, que escorria pela minhas pernas, mollhou o chão, ele bebeu tudo e ele disse pra mim, me faz gozar, como vc fez antes e eu disse claro, dai peguei ele joguei no chão e comecei a xupar seu pau duro e gostoso, ele ficoou louco e dizia não faz isso, vc é louca, que isso, que chupada é essa? eu não to aguentando, eu disse goza na minha boca e ele disse vou gozar e gzou, tomei aquele leite e depois ficamos ali, um tempo, ele me beijando, me acariciando, dizendo coisas ao meun ouvido, depois fomos ao banho, nos trocamos e quando saimos do motel ja era noite, nem vimos que os nossos telefones tinham tocado. ele me levou emm casa, disse que nfoi o melhor dia da vida dele e eu disse que ele me fez mulher, e que foi muito bom que a 1° vez tenha sido com ele, e ele disse que nunk sentiu com a mulher o que sentiu comigo. Marcamos de nos ver outras vezes e estamos nos vendo até hj, isso ja faz 3 anos e desde então me tornei amante dele. A mulher dele ainda é minha amiga e não desconfia de nada. Somos muito felizes e cá pra nós, ser amante é td de bommmmmmmmmmmmm.... Era isso gente q eu tinha pra contar, depois conto do dia que transamos na cama dele, na casa dele, enquanto a mulher dele tomava banho...

FONTE:http://www.casadoscontos.com.br/texto/201011506


 
Support : Copyright © 2015. calcinhas deputinha - All Rights Reserved