Home » » CONTOS QUE UM DIA TE CONTO

CONTOS QUE UM DIA TE CONTO










Vertigo sai para abastecer seu carro numa noite fria de um dia qualquer.Ao chegar no posto de gasolina Vertigo espera para ser atendido e ao observar o movimento nota que a frentista está com os seios salientes na sua blusa colada, com seus pensamentos vertiginosos fica a imaginar se seria o frio ou o toque sutil na mangueira da bomba de gasolina que deixaram os seios da moça no ponto de bala.Rindo de suas loucuras, Vertigo observa que não é o único a reparar no movimento do lugar e fica olhos nos olhos com uma chinesa que olha para ele e dá um sorriso bem safadinho...Vertigo pergunta por meio degestos se pode conversar coma chinesa, ela logo aponta para um bar próximo do posto, então depois de serem atendidos se encaminham para o bar.Ao chegar no bar, a chinesa pergunta:
_Qual seu nome?
_Vertigo!
_Rrsssrsrsrs, que nome diferente, desculpa, mas não resisti.
_Qual o seu?
_Nina!
_Mas Nina, me responda, porque estava rindo lá no posto?
_ De vocês homens, que são uns caras de pau, não podem ver uma mulher com frio que já pensam sacanagem.
_E como você sabe que eu estava pensando sacanagem?
_Sua cara!!
_Ok! Vou ser sincero, eu estava pensando o que faria com aquela coisinha linda.
_É!! Então me diga?
_Você quer que eu dia ou que te mostre?
_Nossa!! Você é direto!!
_Prefiro ser direto e ter logo uma resposta a ficar pensando se vale a pena, não estou certo?
_Hummmmm, pode ser, mas às vezes fazer um pouco de jogo duro é legal.
_ Mas se você quer jogo duro posso lhe proporcionar,rssrrsrsr
_srrsrrs, pede uma cerveja, mas gostei de você.
_Ok! Garçom uma cerveja.
_O que você faz Vertigo?
_Sou estudante de arte e você?
_Sou professora de educação física.
_É, reparando bem no seu corpo ou você era malhadora ou fazia algo do gênero.
Papo vai, papo vem e outras descobertas Vertigo convida Nina para um programa mais intimo, e a chinesa logo oferece seu apartamento que fica próximo do local.
Ao chegar no apartamento, Vertigo que já não se agüenta de tesão abraça a chinesa por trás e vai beijando seu pescoço e passeando com suas mãos hábeis pelo corpo escultural da deusa da Dinastia Ming.Nina se contorce toda, enquanto Vertigo já abaixado vai retirando a calça da moça e vai passando a mão em seus pentelhos e sentindo o calor delicioso de suas entranhas, beija sua barriga e desce suavemente sua língua para sua xana que a essa altura esta mais molhada que as águas de março.Vertigo chupa a chinesa que enlouquecida grita e geme e num golpe rápido senta Vertigo no sofá vermelho de sua sala hi-tech e puxa sua calça e retira seu pau e fica admirando por alguns segundos, porém, não perde tempo e abocanha com firmeza e de uma delicadeza de quem iria fazer aquela massagem tailandesa que deixa muitos homens loucos.Nesse jogo sexual Vertigo coloca a chinesa de quatro numa posição que ele adora que as mulheres com quem ele tem relações fiquem e depois de satisfazer todas as suas vontades e posições, Vertigo deixa a chinesa fazer todas as suas vontades e a noite fica pequena para esses amantes do prazer.Vertigo acorda com o sol batendo em seu rosto e ao ver aquela mulher linda ao seu lado, não resiste e vai acordá-la com beijos e sussurros sutis, ao ponto dos dois fazem amor para que o dia comece realmente prazeroso....
VERTIGO
 
Support : Copyright © 2015. calcinhas deputinha - All Rights Reserved