Home » » O tempo em mim vive,pulsa e brilha...

O tempo em mim vive,pulsa e brilha...

Você Dono de mim,me toma por inteiro e hoje dia 20/12/2011 comemoro mais um mês de ti,me levando nesta doce descoberta.
Lambidas em ti
Te adoro sempre...
Tua {Nega}_(V)










Ela olha no relógio e sente o tempo passar.
A vida escorre pelos dedos e ela pensa,pensa,pensa..
Como boa aquariana,sempre pensou demais. 
O que falta?Quem sou? Por que sou? Se é que sou.
E assim,  tenta desvendar o grande mistério : quem é essa mulher? 
Algo falta,algo incomoda,ela precisa de mais vida,ela precisa ser inteira,completa.e luta contra sentimentos que brotam  onde dentro da sociedade que ela vive jamais viveria este lado que ela mesma desconhece
 .Ela se joga pra vida, reluta,mas tem a estranha sensação que vai encontrar aquilo que procura.
Aquele vazio continua e então resolve,vai ser feliz,se descobrir e viver plenamente aquilo que é.
Mas o que ela é?
Vai para vida de novo,bate cabeça,não acha.O que procura?
O vazio continua,algo nela pulsa,algo nela vibra.
Buscas e mais buscas,medita,pensa,briga,chora e, em uma noite de um mes qualquer ,ela descobre.
Não aceita,se acha louca.
Como assim?
liberar aquela vontade que tanto tenta esconder de si mesma?
Ela nega,ela chora,ela implora a si mesma que não,não pode,não deve.
Uma força maior a joga no mundo e ela se solta,se larga,se permite.
E decide sim,conhecer aquilo que sempre sonhou,desejou,mas sempre negou.
Estava ali,sempre esteve,num imenso estado de latência.
E naquela festa,observa,se descobre,se agita,excita.Não nega,deseja...
O prazer é uma aventura,e ela cruza com aquele olhar e ali sentiu que Ele, iria conduzi-la neste caminho sem volta.
Fugiu,correu,teve medo,conersas,teve medo de novo,quis correr,aceitou,enfim se entregou.
Seu Dono a lia como até hoje ninguem a havia lido..
Ele sorria,explicava,lapidava aquela pedra,ainda tão bruta.
O Dono dela arrombou seus silêncios,abriu suas portas,despiu sua alma.
Pegou para ele corpo,pensamentos e coração,sem pedir,simplesmente chegou e pegou,simples assim.
E dentro desta simplicidade,cumplicidade ela se entrega inteira,intensa de forma plena.
Seu Dono marcou sua pele,onde foi  vasculhando,mordendo todos os seus espaços,onde obedientemente
 ela se entregava.
Hoje,ela vive,descobre,brinda,fuça,cheira e lambe a vida,o amor e a paz.
Uma escrava  masoquista cativa de seu Dono ,inteira e plenamente feliz por ser quem realmente é .
Coincidentemente hoje,dia 20/12/2011 enquanto escrevo este post como convidada do DB comemoro mais um mês de minha descoberta,sendo assim motivo duplamente feliz para mim.


By {Nega}_(V) 







 
Support : Copyright © 2015. calcinhas deputinha - All Rights Reserved